quinta-feira, 9 de maio de 2013

Cento e oitenta graus

Era Março. É Maio.
E no meio, um Abril que se foi.
Estranho no início, mas inevitável.
O impresso virou digital,
o estático agora é movimento,
e o cmyk é rgb.

E por falar em cor,
o cabelo escureceu,
o guarda roupa mudou e
as noites ganharam saúde.

Ah sim, ganhei tempo.
E, se tempo é dinheiro, estamos quites.
O conhecimento é cintilante,
as pessoas, receptivas,
e a metamorfose inevitável.

O medo que nos paralisa
é o outro lado da moeda
de um mundo que gira.

2 comentários:

Carol Gonçalves disse...

É, minha amiga, é bom mudar!! Algumas coisas compensam outras! O clichê é eternamente verdadeiro: o importante é ser feliz! Adorei o lance dos meses no começo! Bjs

Paulo Henrique disse...

Que bom q vc voltou